Blog

Blog

Jerónimos

Este fim‑de‑semana foi bastante intenso no que toca à cultura. Desde mostras de interiores a museus e monumentos houve de tudo!

Para quem não sabe, no primeiro domingo de cada mês as entradas nos museus são gratuitas o dia inteiro, logo já não há desculpas para não conhecer o que é nosso. Depois de repor o sono que estava atrasado desde o início de Agosto fui directa ao Mosteiro dos Jerónimos, um monumento que é considerado pelo a UNESCO Património Mundial da Humanidade desde 1983, e que vale muito a pena revistar. 

Em 1496 D. Manuel I decidiu fundar o mosteiro a partir da antiga Igreja de N. Sra. de Belém, e como não poderia deixar de ser é mais exemplo do esplendor do estilo manuelino.       

Gioia Food Lab

Esta sexta feira foi a inauguração do novo restaurante Gioia na praça da alegria e é mesmo uma alegria lá ir!

A comida é fantástica e a pensar nas pessoas saudáveis, mas a mim o que me interessa é a decoração. 

Somos recebidos num bar, que poderia ser um jardim interior, antes das zonas de refeições que se dividem em 2 pisos. A separação dos espaços é feita pela cabine de som delimita por frentes de amplificadores Marchell, e preparada para receber os DJ’s convidados.

Nas zonas de refeições encontramos mesas corridas de madeira, a lembrar troncos de árvores, colocadas sobre um pavimentos de azulejos tradicionais e iluminadas por uma lâmpada central que podemos controlar a intensidade. 

Tudo está pensado ao pormenor e pela primeira vez na vida encontro o que todos desejamos em todas as mesas, uma tomada e 2 entradas usb que tanta falta fazem nos dias de hoje,  em que é impossível viver sem os telemóveis que passam a vida a ficar sem bateria! 

Homeing –

Paris tem a Maison&Objet, Milão tem a Feira de Design e Lisboa tem agora a Homeing!

Há muito que fazia falta uma mostra de decoração, onde estivessem reunidos as melhores marcas nacionais, para que os profissionais pudessem ver tudo de uma vez só. Felizmente o ano passado a Homeing deu o seu primeiro passo, e o sucesso foi tanto que está novamente de volta ao Convento do Beato para mais uma mostra de decoração destinada aos profissionais.

Entre dia 29 de setembro e 1 de outubro, todas as marcas de prestigio vão estar presentes, com as suas novas coleções, e como se isso por si só não fosse o suficiente ainda vamos ter uma exposição, saída de uma parceria entre os Tapetes Ferreira de Sá e alguns arquitectos e designers portugueses, que promete surpreender.

Todos aqueles que não são profissionais, e que por isso não podem estar presentes neste evento, fiquem atentos que prometo fazer vários posts sobre o tema, as novas tendências para o mercado nacional e a tão falada exposição Lisbon Roots.

 

hoeming-2016

 

 

casamance-na-homeing

 

Praias Organizadas Please!

Chegar da Grécia e ir para as praia da linha é mesmo o fim da linha!

Portugal tem das costas mais bonitas do mundo, praias de meter inveja a qualquer um, e nos últimos anos até evoluímos bastante, mas no que diz respeito a acessos e organização temos de admitir que ainda temos muito para aprender com os Gregos. Três horas para chegar à Costa para ficar numas espreguiçadeiras de plástico é de loucos! (sim, foram mesmo 3h de viagem!). Na linha há uma fila mínima de espreguiçadeiras por baixo da Capricciosa, um cantinho com camas no Guincho, do lado oposto ao bar da praia, e pouco mais. A Comporta começa a organizar-se, mas não é mesmo aqui ao lado para se ir dois dias seguidos sem ter de ficar a passar o fim de semana, principalmente para quem gosta de dormir até tarde ao fim de semana e ir directo para a praia.

Não é que as praias gregas não estejam cheias como as nossa, não é que não esteja tudo em cima uns dos outros a ouvir a conversa do lado, mas o facto de o fazerem de forma organizada, com colchões de 15cm a 25cm de altura colocados em cima de espreguiçadeiras de madeira, faz toda a diferença. Os bares de praia são top e o serviço é excelente em todas elas. Em Pinky Beach chega ao ponto de haver um botão fixo ao pau da palhota para chamar os empregados.

Não acho que se devam organizar todas as praias portuguesas, até porque a beleza de muitas delas é o facto de serem selvagens, mas as mais frequentadas, e principalmente as da linha já mereciam outra decoração.

super-paradise-of-mykonos

Nammosr, Psarou beach, Mykonos, Greece 3

mykonos-nammos-2

platis-beach

mp1

pinky-beach

pinky-beach-mykonos

slide-1

namos-5

IMG_2433

mykonos-best-hotels-santa-marina-private-beach

Monarch-beach

Namos

Não é bem mais simpático que a nossa praia de Carcavelos, que com um areal imenso está cheia de chapéus de sol, de todas as marcas de gelados e cafés, e os apoios são quase zero?!?

783593

Dizem que em outubro começam as obras das estradas de acesso à Costa, que a nível de decoração felizmente está a evoluir bastante… a ver se alguém lá para os lados da linha se inspira e, além de parques de estacionamento, organiza as praias.

 

 

Casa Cor SP 2016

Começou a semana passada a Casa Cor São Paulo, onde os decoradores apresentam o seu trabalho. Uma espécie da nossa ex casa decor mas em bom! 

Para quem não sabe, a Casa Cor é a maior mostra de decoração do Brasil, quase que me atrevo a dizer do mundo, e é feita em quase todo o lado. São Paulo e Rio são as que têm mais destaque mas o evento espalha-se pelo Brasil inteiro.

Este ano a Casa Cor SP está a decorrer no espaço do Jokey Club de SP, e é sempre uma boa desculpa para voar até lá. 

Ficam algumas imagens dos espaços que fazem as minhas delícias!


Receber e registar em bom!

Uns mais,outros menos, mas todos acabamos por receber em casa. Mais que não seja pôr a mesa para jantar com a família. Como somos todos muito socialodependentes passamos a vida a postar as fotos das nossas mesas em tudo o que é rede social! 

Tenho visto de tudo. Mesas com muito bom gosto, mesas de fugir, mesas fotografadas de ângulos que as enaltecem e outras que até apanham as nódoas da toalha e os restos de comida do prato do lado. Não pode ser! 
Para resolver o problema de uma só vez a Full Ideas juntou-se com a Joana Sá Machado Fotografia e criámos a MIX PERFECT, uma espécie de oficinas onde ensino a decorar mesas para várias ocasiões, e a Joana a fotografa-las. 

A primeira Oficina/workshops vai decorrer já no dia 14 de Maio das 10:30 às 13:30. Vão ser 3 horas de beleza pura, truques e dicas que vão servir para a vida.

As inscrições estão abertas! 
Ficam algumas imagens do nosso primeiro trabalho em conjunto, na Páscoa, publicado na revista VIP de Março.

Paredes para que te quero!!!

A propósito de arrumação nos closets, lembrei-me do quanto as paredes de nossa casa são deixadas ao acaso sem as rentabilizarmos para aquilo que mais precisamos, ARRUMAÇÃO!

A experiência ao longos dos anos, juntamente com o facto de ter morado 3 anos numa casa de bonecas com 50 m2, fez-me perceber que o maior problema em todas as casas é sem duvida a arrumação. Casas clean com móveis minimalistas só funcionam se houver muitoooo espaço ou armários escondidos, caso contrário tudo o que é canto é usado para arrumação. Mas as paredes regra geral ficam esquecidas. Temos 250 cm do pavimento ao tecto quase sempre inutilizado apenas com papel de parede ou quadros. Que ficam muito bonitos mas não podemos arrumar lá nada.

Porque as paredes podem ser as nossas melhores amigas, ficam algumas ideias de como rentabiliza-las. Adeus Monet, olá Arrumação em bom!

 

 

 

Espaços em tons Neutros

Todos os dias me considero uma pessoa abençoada por ter a possibilidade de trabalhar exactamente naquilo que gosto, e embora nos dias mais complicados me pergunte se não teria sido mais feliz
como veterinária, chego sempre à conclusão que não!

Ainda assim nem tudo é como eu sonho e projecto. Quando apresento as minhas propostas aos clientes regra geral reclamam sempre um pouco de cor. Como a minha função é projectar segundo o meu gosto mas para os outros faço-lhes sempre a vontade e coloco uns apontamentos de cor em almofadas, abat jours e peças que facilmente se possam trocar.

A verdade é que se pudesse não havia cor nenhuma, todos os meus espaços eram em tons neutros, tranquilos e eternos, ricos em materiais, texturas e até padrões de tons neutros, mas a cor era dada apenas pelos livros, fotografias, quadros e alguns objectos decorativos que todos os clientes têm e são inseridos no espaço.

Se me deixassem retirar os laranjas, amarelos, azuis, etc.  iria ficar  feliz da vida, e provavelmente na falência que só 50 anos depois é que vinham os filhos pedir para alterar alguma peça… ou para acrescentar um bocadinho de cor!

 

 

Gold Is the New Black!

Podia ser, se o preto não fosse insubstituível, mas nos interiores começa a assemelhar-se bastante!

Nos últimos anos temos começado a ver alguns apontamentos, mas este ano o durado está por todo o lado. Iluminação, mobiliário, acessórios é tudo dourado independentemente do estilo. Já não é preciso morar no palácio de Versailles  para abusar do dourado.

Quem tem peças prateadas não precisa desanimar, e muito menos deitar tudo fora, basta acrescentar algumas peças douradas que os dois tons coordenam muito bem.

 

 

 

Dispensas Para a Roupa

A propósito de arrumação, e da possibilidade de criar um closet para colocar tudo o que uma família precisa guardar, uma cliente respondeu-me: “mas eu nem tenho roupas bonitas, nem sapatos de salto alto para expor num closet”, achei a resposta simplesmente deliciosa e sorri antes de desmitificar a ideia “closet é só para roupas de luxo”!

É um facto que os closets estão associados a casas grandes, onde regra geral as proprietárias têm muita roupa, (e toda fabulosa), sapatos que parecem esculturas e acessórios de fazer inveja a qualquer uma das Kardashion, mas a verdade é que um closet é uma necessidade de arrumação como outra qualquer. Um closet é exactamente igual a uma dispensa, só que em vez de guardar farinha guarda roupa.
Se ninguém dispensa uma dispensa porque não compra farinha bonita e de marca, porque é que havemos de dispensar um closet por não ter roupa de marca, ou pior, por nos sentimos de alguma forma fúteis se o fizermos?!? Ter uma colecção de vestidos Prada não é nenhum requisito para ter um closet, (e ainda bem que se fosse teria de me desfazer do meu!). Ter roupa, sapatos e acessórios, nossos, do nosso marido, e dos nossos filhos, é! E não digam que não têm roupa gira que isso não acredito. Nunca na vida vi alguém comprar roupa que achasse feia.  A questão é muito simples. Muita ou pouca, da Zara, da Primark, ou da feira a nossa roupa tem de ser arrumada algures em casa, se tivemos espaço para isso, porque não ter tudo muito bem organizado num closet que nos facilita tanto a vida no dia a dia?!?

Ficam algumas sugestões de dispensas para guardar a roupa…

Simples e despretensioso, todo IKEA para desmistificar a ideia de que os closets têm um investimento gigante.

 

Fechados são igualmente práticos ,as peças não apanham pó… e dá para esconder a roupa feia! 🙂

Ainda assim é sempre importante lembrar que há prioridades. Precisar de espaço para arrumar a roupa da família é uma necessidade, o que não significa que possam pôr as crianças a dormir na marquise com a desculpa que precisam do quarto delas para arrumação! 😉

WordPress Image Lightbox